O Papel da Mãe no Tratamento Ortodôntico

dentista na mooca

Mãe, sempre a mãe!

Na maioria das vezes, é ela quem procura a indicação de uma amiga para encontrar o melhor dentista para seu filho, é ela quem agendará a consulta e aprovará o tratamento, afinal, foi ela quem notou que seu filho ou filha estava com os dentes tortos.

Ela o levará na maioria das consultas, receberá as indicações e alertas e, entre outros fatores, é a sua atuação que trará o sucesso do tratamento.

Ai alguém pode perguntar: mas, também isso? Não basta buscar um dentista, levar às consultas e pagar a conta, também será responsável pelo sucesso do tratamento?

Sim, estudos comprovam que a mãe tem um papel fundamental no sucesso de um tratamento ortodôntico.

O tratamento ortodôntico traz mudanças na rotina, na imagem e no conforto da criança, por esse motivo o apoio da mãe é fundamental para que a criança supere essas barreiras e se adapte a uma nova realidade.

O primeiro ponto é a valorização do tratamento pela criança, que só ocorrerá se tiver início na mãe. A criança irá valorizar o tratamento de acordo com a importância que a mãe dá ao mesmo. Por esse motivo as mães devem evitar faltas ou atrasos as consultas ao ortodontista, o que pode demonstrar à criança pouca importância ao tratamento.

dentista na mooca

 

Para motivar o uso do aparelho é importante que a mãe ressalte as mudanças positivas que o uso do aparelho  trouxe para o sorriso da criança. Por outro lado, deve-se  evitar críticas ou brincadeiras com a mudança no visual ou modo de falar da criança. Existem aparelhos que dificultam a dicção, e se a criança sofrer gozações (bullying) por esse motivo, provavelmente abandonará o uso.

Mães extremamente protetoras e cuidadosas algumas vezes ficam com pena dos filhos por utilizarem determinados tipos de aparelhos e exteriorizam esse sentimento na presença da criança, essa atitude pode prejudicar muito o tratamento. A criança poderá desenvolver um sentimento de revolta pelo dentista que optou por esse tipo de aparelho, ela entenderá que é um desejo somente do dentista a utilização do aparelho e não da sua mãe. Se a mãe é quem o ama e quem ele confia, e esta não aprova o aparelho, significa que o aparelho não é para o seu bem e consequentemente não há motivo para usá-lo.

Outro ponto relevante é o cuidado com o aparelho tanto com a higiene, quanto com a alimentação. A higiene só acontecerá se a mãe tiver sempre a escova, creme dental e fio dental disponíveis. Quanto à alimentação, se a mãe não adotar os hábitos alimentares recomendados pelo ortodontista, como evitar balas pegajosas, chicletes e alimentos duros que podem provocar quebras e quedas de componentes dos aparelhos, esta mudança de atitude não ocorrerá por parte da criança.

Desta forma a mãe tem um papel coadjuvante fundamental no sucesso de um tratamento ortodôntico, e o ortodontista contará com sua colaboração tanto quanto a colaboração da criança no tratamento.

Dra Claudia F Freitas
CRO 60248
Perfectu Odontologia

Rua da Mooca, 2518 Cj.21 – Mooca – São Paulo – SP
Tel (11) 3881-8409 | 2694-8409
WhatsApp: (11) 94521-1944

Email: contato@perfectuodontologia.com.br
CRO-CL11.118 RT  –  Claudia F. Freitas CRO 60.248

Anúncios